Edição 2019 em e-paper
 
 
Jornal de Negócios
Nova Pesquisa
     
   
   
   
  Início
  Editorial
   
 
   
 
 
 
 
Mercado em 2019 08-02-2019
Fotografia A estabilidade política e social no país, a par de uma conjuntura económica externa favorável, são dois fatores apontados como determinantes para explicar o bom comportamento que a economia registou em 2018. Há contudo fatores que podem mudar e que causam apreensão aos atores do mercado português de prestação de serviços jurídicos às empresas, quando inquiridos sobre o que esperam de 2019. Em causa está, sobretudo, a forma como irá evoluir a economia mundial.
Os riscos em 2019 chegam sobretudo do exterior. Uma pequena economia, como a portuguesa, exposta ao mercado global, poderá enfrentar este ano dificuldades, caso a saída do Reino Unido da União Europeia seja feita sem acordo. Além de um Brexit desordenado, cujas consequências os analistas consideram imprevisíveis, também são maus sinais os indicadores negativos que chegam de Itália ou as convulsões sociais que têm marcado o quotidiano em França.
Será contudo num tabuleiro mais amplo que se jogará o bom comportamento da economia mundial. Uma guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, as duas principais potências económicas a nível global, pode também trazer dores de cabeça difíceis de calcular. O retomar das negociações, no início do ano, entre os dois gigantes atenuaram um pouco o clima de pessimismo, que continua a existir, mas nada pode ser colocado de parte, mesmo o extremar de posições entre Washington e Pequim. ...In Anuário 2019
Ver documento Documento
 
Voltar